Vou contar-lhe a história de um coxo
Que queria mergulhar sua agonia nas águas
De um tanque pra se curar,
Mas chegar lá não podia, ajuda não conseguia
Um amigo ele não tinha para o levar
Foi quando por ali passava o Homem de Nazaré
Ele mandou doença embora
Deu-lhe vitória e o pôs de pé
Basta uma palavra, uma palavra apenas
O mundo e seu sistema caem aos seus pés
Não há enfermidade, nem peste ou fome
É só chamar o Homem de Nazaré
Basta uma palavra e toda terra treme
Em meio a densas trevas faz brilhar a luz
Muralhas à sua frente vão cair não temas
É só clamar o Santo Nome de Jesus

Subscrever Cristão RSS